Entrevista com Annete Baldi

Annete Baldi, diretora da Editora Projeto

Ditertora e uma das fundadoras da Editora Projeto e escritora de livros infanto-juvenis fala sobre o mercado literários.

PNAE -  Como foi o surgimento da Editora Projeto?

Anette - Na época do início da editora, 1992, eu era casada com um escritor e tinha alguns amigos editores. Havia me formado em Letras e já havia iniciado um trabalho diferenciado com leitura e literatura na Escola Projeto (que - junto com minhas duas irmãs - fundamos quatro anos antes da Editora), então num dia surgiu a ideia, e a decisão foi muito natural.

PNAE -O fato do início ter sido projetado por três irmãs que compartilham o trabalho na educação ajudou no desenvolvimento?

Anette - Sem dúvida, foi um diferencial pra nós. Já tínhamos uma opção de nicho em relação à educação infantil e as séries iniciais do ensino fundamental para a escola e estender isso para a produção de livros para essa faixa etária também foi bastante rico. Temos o privilégio de ver algumas vezes nossos livros “testados” (e aprovados!) nas salas de aula da Projeto, nas mãos das crianças e do grupo de professores, imediatamente após o lançamento, nos dando feedbacks bem importantes.

PNAE - Nesses mais de 20 anos de história, qual tem sido o principal foco das publicações?

Anette - Publicamos livros de literatura para crianças e jovens, além de livros de educação para professores (principalmente com foco nos anos iniciais).

PNAE - Com relação aos autores. Como tem sido a busca, ou mesmo a parceria para a publicação das obras?

Anette - Temos em nosso catálogo autores nacionais prioritariamente, nascidos em Porto Alegre ou em outras cidades do País (Recife, Rio, SP e BH), além de publicarmos algumas obras de autores estrangeiros (Ludmila Zeman, do Canadá; Jesús Gabán, da Espanha e María Elena Walsh, da Argentina). Alguns livros chegaram até nós através dos próprios autores que nos procuraram, outros foram encomendados porque tiveram seu projeto editorial pensado previamente por nós e alguns foram “garimpados” em feiras internacionais.

PNAE -Há algum trabalho de pesquisa para tentar sanar alguma lacuna ainda presente na educação?

Anette - Não temos nenhum setor na editora que se ocupa com pesquisa, mas seria maravilhoso ter! Os temas de educação têm sido tratados por nós em obras que reúnem alguma teoria e muita prática, através da experiência da Escola Projeto. A Beth Baldi, minha irmã e autora de duas obras que publicamos (Leitura nas séries iniciais e Escrita nas séries iniciais), tem sido a porta-voz do trabalho na escola. Ela prepara seus livros relatando a experiência bem sucedida na Escola Projeto nessas quase três décadas, em diferentes áreas do conhecimento.

PNAE - Que desafios a editora ainda tem pela frente?

Anette - Entrar no mercado do livro digital e operar no mercado internacional com venda de direitos autorais para tradução de nossos livros são os maiores desafios do momento.

PNAE - Há intenção de parcerias para uma maior distribuição das obras da editora?

A parceria que iniciamos com a PNAE há pouco mais de um ano tem sido muito positiva. Hoje temos distribuição com divulgação escolar nos estados de SC, PR, SP, RJ, GO, DF, MG, BA, CE e PE. Queremos continuar ampliando essa rede para estar em todos os estados brasileiros.

Rua Dom Pedro II, 319 - Bairro Petrópolis - CEP: 99051-390 - Passo Fundo/RS

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades!

2022 © PNAE. Todos os direitos reservados - Parceria Sistemas